Buscar

EDIÇÃO 2021!

16ª edição do Cara e Cultura Negra terá programação presencial e online

Parte do projeto, exposição “Diáspora Africana - Travessias Femininas” tem como tema central Matriarcado

O já tradicional Cara e Cultura Negra ocorre em Brasília, este ano, de 15 a 30 de outubro. Dentro da programação, a 4ª edição da exposição Diáspora Africana - Travessias Femininas ficará disponível de 15 a 30 de outubro, na praça central do Centro Comercial Boulevard, no Conic. Por conta da pandemia, a organização do evento optou por realizar, também, um ciclo de palestras, de forma online. Na edição Encontros, temas como Mercado de Trabalho, Rende e Negritude, com as convidadas Nayana Cambraia, especialista em inovação e modelagem de negócios em saúde e Daniela Estevam, empreendedora social,

especialista em networking, liderança, diversidade e negócios de impacto fazem parte da programação.


Edição Encontros

Encontros é um ciclo de palestras que traz diálogos sobre raça, gênero e cultura, saúde e trabalho. Entre os temas, “Os homens pretos no Brasil - relações culturais entre raça e gênero masculino”, com mediação de Vinícius Dias, psicólogo clínico e social e os convidados Guilherme Lemos, professor do Instituto Federal de Brasília e doutorando pelo departamento de História da Universidade de Brasília (UnB) e Wanderson Flor, pesquisador de relações raciais e gênero e professor de filosofia, bioética e direitos humanos na UnB.



Ciclo de palestras Edição Encontros

Acesso gratuito

Disponíveis no canal do YouTube Festival Cara e Cultura Negra e no site https://www.caraeculturanegra.com.br

7 visualizações0 comentário